Páginas

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Você já recebeu um "muito obrigado" hoje?

 

Em nosso cotidiano, vivemos em tanta correria e afazeres que deixamos escapar coisas simples da vida que nos fazem muito bem para nossa alma, e nos tornam robóticos sem corações.

Não quero dizer o "muito obrigado", aquele que nós recebemos quando fazemos uma compra qualquer, e o vendedor profere o agradecimento seguido do "volte sempre".

Me refiro ao outro, que brota de nossa alma, e acalanta o espirito de nosso interlocutor, e ambos saem confortados pelas palavras gentis.

Sempre faço o mesmo percurso para o trabalho, e encontro sempre as mesmas pessoas, ajo como se fossem zumbis, pois não a conheço, e não vou mexer com ninguém, só quero seguir meu caminho, sou um robô urbano.

Por esses dias chuvosos aqui na minha Santa e Bela Catarina, sempre eu passava por um jovem senhor que empurrava seu carrinho de lixo reciclável, mas eu somente passava, pois apenas era mais um em  minha cidade, apenas mais um comum.

Dias atrás, parado em um semáforo aguardando o sinal verde, me deparei com esse mesmo senhor ao medo lado, nossos olhares se cruzaram, e não contive, dizendo -"bom dia, hoje será um ótimo dia para todos nós", ele me respondeu com um sorriso marcado pelos dentes falhos, -"será mesmo um bom dia, muito obrigado e para o senhor também", o sinal se abriu e seguimos nossas vidas.

Continuando os dias de chuva, e eu retornando no final da tarde, passei bem devagar por um ponto de ônibus, e lá estava umas dezenas de pessoas aglomeradas protegendo-se da forte chuva.

Olhei mais atentamente e reconheci o mesmo senhor da carroça de papelão, buzinei e encostei o carro, e ele logo me reconheceu também, o chamei para entrar, logo de pronto ele atendeu.

Comecei a puxar alguns assuntos, como: relacionado ao tempo e a chuva, e etc., e ele sempre tímido, só me respondia com o que me parecia com gemidos.

O indaguei sobre sua profissão, e se não havia muita concorrência ou preconceito.

Sua resposta foi de que na sua profissão original não, mas essa de reciclagem é apenas temporária, e ha muita concorrência e severo preconceito.

-Sou Geógrafo formado e com pós graduação em alcoolismo, me respondeu perdi meu emprego como professor, carro, casa, e agradeço a Deus que não perdi minha família.

Dito isso ele me pediu para eu parar em uma panificadora, de onde ele trouxe pães e leite, e dois sonhos de creme e me deu um, donde viemos saboreando.

Dai lhe indaguei, - já que estamos comendo um sonho, você não teria um sonho de sair da reciclagem e voltar para suas aulas de geografia?

-Não, sua resposta, -sou alcoólatra e ainda tenho que continuar na reciclagem, inclusive reciclagem pessoal, para poder suprimir minha arrogância, prepotência e tudo que há de ruim em mim, e por falar nisso, nem muito obrigado a moça da panificadora me deu.

Chegamos ao seu destino, que era mais ou menos a 300 metros de minha casa, e ele apertou minha mão e me disse: - Muito obrigado mesmo pela nossa conversa.

Retruquei e lhe rebati, -Eu é que tenho que agradecer por nossa conversa e sua confissão de vida, e ele entrou correndo para dentro de casa.

Hoje eu o vi, e ele estava com a barba feita, cabelos bem penteados, e com roupas limpas e bem passadas, ou seja completamente asseado e sem o seu carrinho.

Acho que a reciclagem pessoal chegou ao fim, e eu dou muito obrigado ao meu Deus por isso, pois ele e nossa família, nos pegam e nos aceitam como lixos e nos reciclam para ser-mos melhores.

Muito obrigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ai ai!!! Pode comentar me xingar (mas vai ter resposta a altura),os anônimos disfarçados também pode e até sugerir algo,mas eu sempre respeitarei os comentários com nomes, então larga de ser preguiçoso(a), eu deixo e publico todas...senão eu choro...buá...buá...buá...

Todas as fotos contidas no blog, foram retiradas da web, caso você sinta ofendido(a), o que não é a intensão do blog, mande um e-mail para: heberp_4@hotmail.com que as retirarei de imediato.

TEM MAIS AQUI...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...