Páginas

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Abelhas assassinas...cuidado com elas...


Você que está de férias, e o verão batendo a sua porta, e então você convida sua família e amigos para um final de semana em alguma cachoeira, cascata, ou qualquer outro lugar bucólico onde poderão se refrescarem com águas límpidas e uma boa sombra.

Cuidado o perigo pode estar perto e iminente...As abelhas assassinas, e pode ser um final de semana fatídico...
Aqui um breve histórico sobre elas...

Quando o cientista e agrônomo paulista Warwick Estevan Kerr, em 1956 trouxe para o Brasil 51 rainhas para o estado de São Paulo, afim de desenvolver uma abelha mais produtiva e melhor adaptada as regiões tropicais, não poderia imaginar a cagada e o desequilíbrio ecológico que poderia causar.




Sendo que 2 anos após, um técnico por descuido, deixou escapar algumas fêmeas da colônia, onde eles faziam suas experiências.
De lá para cá elas espalharam tanto sua carga genética que hoje representam 90% de toda a espécie das africanas que cruzaram com as europeias formando as temíveis abelhas africanizadas.




Acredita-se que o modo agressivo como os nativos africanos retiravam o mel, ateando fogo nas colônias, teria provocado a formação de um espírito tão guerreiro na espécie. Assim, as abelhas africanas ficaram tão preparadas para a autodefesa que percebem vibrações no ar a 30 metros de distância e já se sentem ameaçadas quando alguém chega a menos de 15 metros da colméia. Quando atacam, podem perseguir sua vítima por mais de 1 quilômetro.



O primeiro enxame de abelhas africanizadas que chegou ao Estados Unidos foi documentado em 1990 em Hidalgo, Texas. Eles foram encontrados no Arizona e Novo México, em 1993, na Califórnia em 1994 e em Nevada em 1998. Como está documentado, as abelhas africanizadas podem ser encontrados na maioria das médias e Texas sul, cerca de um terço do Novo México, em todo Arizona, a metade sul do Novo México ea terceira do sul da Califórnia. Elas continuam a sua migração para o norte.


O verão é o período de pico de ataques de abelhas, porque há menos mel e as abelhas se tornam mais protetora de suas colméias.



Então tome muito cuidado, pois uma abelha africanizada pode sozinha lhe dar até 8 picadas doloridas, que dependendo da reação de seu organismo pode ser fatal.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ai ai!!! Pode comentar me xingar (mas vai ter resposta a altura),os anônimos disfarçados também pode e até sugerir algo,mas eu sempre respeitarei os comentários com nomes, então larga de ser preguiçoso(a), eu deixo e publico todas...senão eu choro...buá...buá...buá...

Todas as fotos contidas no blog, foram retiradas da web, caso você sinta ofendido(a), o que não é a intensão do blog, mande um e-mail para: heberp_4@hotmail.com que as retirarei de imediato.

TEM MAIS AQUI...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...